Blog

Falta de luz na obra? Descubra 3 passos rápidos para acertar na torre de iluminação

04 de setembro de 2015

A iluminação de uma obra é algo de bastante importância quando nos referimos ao seu rendimento, principalmente em períodos noturnos. Não dá para correr o risco da falta de luz em processos decisivos em uma obra. Apostar no equipamento correto e que ofereça vantagens ao invés de transtornos é fundamental. Por isso, muitos profissionais estão se tornando adeptos das locações de máquinas específicas, como, por exemplo, a torre de iluminação, que é um dos itens indispensáveis em obras com jornadas de trabalho noturnas. Veja três passos práticos para conseguir uma boa iluminação, um ótimo desempenho na sua obra e ainda prevenir a falta de luz.

1. Analise a área da obra com falta de luz

É importante fazer uma análise do espaço da área de trabalho. Assim, você poderá escolher o tipo e a quantidade de equipamentos que supram as necessidades e ofereçam o desempenho buscado. Geralmente, as torres de iluminação são portáteis e extremamente práticas para locomoção.

2. Planeje o tempo de uso do equipamento

Calcular o tempo das jornadas de utilização das luzes também aperfeiçoa o bom desempenho da torre de iluminação. Caso seja necessário, alugue também um gerador de energia para prevenir possíveis eventualidades de falta de luz.

3. Escolha um equipamento de maior autonomia

Na hora de fazer sua escolha, opte por aqueles que ofereçam melhor custo x benefício, pois uma iluminação ineficiente é sinônimo de prejuízo e atrasos por falta de luz.

Na Degraus, você encontra a melhor tecnologia e as melhores soluções para o seu projeto, contando com uma assessoria de qualidade na locação de equipamentos de ótimo desempenho.

Leia outros artigos da Degraus:

Receba dicas e novidades

Siga a Loxam Degraus